Começamos a existir Naquele Sonho que faz realidade todos os outros, derramando o Seu amor, através do amor de dois seres humanos, e, no milagre da vida, descobri-mo-nos capazes de pensar, de amar, de chorar, mas também de sorrir. Misturando este sonho, agitado pela vida, assim pensamos... e do pensar a letra se faz, e da Palavra se recomeça de novo, como na Origem.

26 junho 2008

[Deus]



Louvado seja [Deus] pelos que passaram
os tormentos do mundo dolorosos
e contentes, sorrindo, perdoaram
pela alegria dos que trabalharam
pela morte serena dos bondosos.

1 comentário:

pcsolotto disse...

Alla hu akhbar!!!