Começamos a existir Naquele Sonho que faz realidade todos os outros, derramando o Seu amor, através do amor de dois seres humanos, e, no milagre da vida, descobri-mo-nos capazes de pensar, de amar, de chorar, mas também de sorrir. Misturando este sonho, agitado pela vida, assim pensamos... e do pensar a letra se faz, e da Palavra se recomeça de novo, como na Origem.

31 agosto 2006

Sigo em frente para amar


Nada é fácil...
Um caminho, uma meta
Um olhar a prolongar
mais além, a voar
Como águia ou falcão
ignorando os medos do coração
partindo, não olhando atrás...
Olhando do alto, voando sem parar
Com esse olhar que tudo vislumbra
Num relance, um suspiro, num instante
e ter já visto o bastante
Para poder exclamar, de novo agora:
Não, não vou embora!
Sigo em frente para amar.

2 comentários:

nahar disse...

"Como águia ou falcão
ignorando os medos do coração
partindo, não olhando atrás..."

Pe Ângelo disse...

na nossa frente está a maior razão de amar... VOA VOA VOA... não pares de olhar e de Amar... onde quer que seja e como quer que seja!!!